Fim de semana em Madrid

A capital espanhola é uma cidade tão rica em património como em vida intensa. Nasceu no centro de Espanha no lugar de uma aldeia para servir de capital a todo o país servindo de encruzilhada espanhola tanto de estradas como de caminhos de ferro. Pela sua altitude e distância do mar, a melhor altura para a visitar é  na primavera e no outono, já que os verões e invernos são de extremos climáticos.

De Portugal chega-se a Madrid tanto de estrada como de comboio como de avião, sendo esta última hipótese a mais em conta e, claro, mais rápida. Várias companhias aéreas fazem a ligação das quais as mais baratas são para o Porto e Faro  a Ryanair, para Lisboa a Easyjet. Das ilhas fica sempre mais caro, da Madeira só a Tap e a Spainair operam em direção a Madrid; e dos Açores apenas a Sata (caríssima!) e a Tap.

É um destino ideal para umas mini-férias ou um fim de semana. Para a estadia nada como um apartamento de férias em Madrid, que se situa bem no centro – idealmente entre a zona da Praça de Espanha e Atocha -, e que nos proporcionará mais espaço e liberdade para ir à descoberta desta magnifica cidade. Há naturalmente também hotéis para vários preços com e sem pequeno-almoço. Sugiro uma pesquisa na internet, num dos muitos sites de reservas online.

Chegados ao aeroporto Barajas, pode apanhar um táxi para a cidade ou melhor, muito melhor apanhar o metro de Madrid, cuja rede é vasta e abarca toda a cidade. Para isso dirija-se ao terminal 2 (ou siga as indicações do Metro). Há vários tipos de bilhetes disponíveis, sendo que o mínimo é um bilhete simples com suplemento (porque está no aeroporto, fora da cidade).

Dentro da cidade pode deslocar-se a pé: o centro histórico não é extenso e pode dividir a sua visita pelos dois dias, de metro e autocarro ou de autocarro turístico. Interessante é o Madrid Card que inclui já os bilhetes para os museus mais importantes, viagens no autocarro turístico e visitas guiadas e que pode comprar para 1, 2 ou 3 dias.

Em Madrid deve visitar a zona central e mais antiga, que se estende desde o palácio real e a catedral de Almudena até ao Parque do Retiro e estação de comboios de Atocha. Neste perímetro deve visitar o Mercado, a Plaza Mayor, a Calle de Arenal, a praça da Porta do Sol, o ponto central de madrid, com o km 0 das estradas espanholas. A simpática praça de Sant’ana e os museus do prado e o Centro de Arte da Rainha Sofia. Um pouco fora deste perímetro fica também a feira da vandoma, El Rastro, que se realiza todos os domingos.

A vida começa em Madrid sensivelmente mais tarde do que em Portugal. Pelo que, se for passear pelas ruas de Madrid antes das 10 horas da manhã não verá vivalma. À tarde, depois do trabalho é comum os espanhóis juntarem-se nos bares para “una copa” antes de irem jantar e prepara-se para a Movida. Os bares da noite são muitos, mas encontrará alguns nas imediações da Plaza de Sant’ana.

Leia aqui sobre uns pontos interessantes a visitar num fim de semana em Madrid.

About these ads

One thought on “Fim de semana em Madrid

  1. Pingback: Tweets that mention Fim de semana em Madrid « E Espanha aqui ao lado -- Topsy.com

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s